Pescada frita

Toda a gente acha que fritar peixe não custa nada, eu próprio tinha essa ideia e experimentei algumas vezes, mas, um dos principais segredos é a paciência e como não tenho muita, tinha quase sempre azar.
Pescada frita com arroz de tomate

Tenho a sorte da Odete ser eximia nesta arte.

Quando vou à praça comprar pescada para fritar, mando-a cortar mais ou menos fina, depois é chegar a casa passa-la por agua e salpicá-la de sal grosso e deixar num escorredor para a agua sair por completo.

A seguir ponha o óleo ao lume, não o deixe aquecer demasiado.

Passe as postas da pescada por farinha de milho e ponha a fritar, quando estiverem loirinhas estão prontas, uma maravilha para comer com um bom arroz de tomate.

Pescada frita com arroz de tomate

 

Não se esqueça da paciência!