Até agora quando queria comer filetes de polvo como deve de ser, tinha de ir ao norte, nem sempre morria de amores, os do Aleixo são célebres e bons, mas, o arroz é uma treta. Arroz de polvo seco não gosto! Mesmo!

Também já tinha feito várias vezes, falhava sempre no polme, desta vez, na dúvida perguntei ao João para perguntar à mãe pela receita, a avó Rú lá me foi dizendo pelo telefone, eu como de costume só ouvi metade, mas, ouvi o essencial. Só não bati as claras em castelo, porque já tinha tudo misturado.

A partir de agora já sei! Vou ter muito mais trabalho porque filetes de polvo passam a ser em minha casa, ficaram divinais! O arroz, armei-me em impostor e fiz um risoto com uns pedaços do polvo e o caldo da cozedura, este sim ficou muito melhor do que costumo a comer no Porto.

fotografia 5

 

Filetes de polvo

Tentáculos de polvo cozido cortados ao meio, no sentido do comprimento

Tentáculos de Polvo

Polme

2 Ovos
Raspa de 1 limão
2 Dentes de alho picados
Sal grosso
Farinha
1 Colher de Café de fermento em pó

Junte tudo num copo e com a varinha misture tudo muito bem, se estiver muito liquido vá acrescentando farinha até ficar um creme espesso, mas, não muito.

fotografia 3

Ponha uma frigideira com óleo ao lume, passe o polvo pelo polme e frite, tenha atenção que frita rápido, ponha a escorrer em cima de papel absorvente, coma acompanhado com o arroz de polvo.

fotografia 4