Quando eu era miúdo lá no Ribatejo havia, e há, urtigas por todo o lado e aprendi rapidamente a não lhes tocar. Quando atingiam um tamanho maior chamavam-lhes Ortigões (em vez de Urtigões) e eu também acho mais piada a este termo, mas pronto.

São conhecidos pelo efeito urticante das suas folhas e por terem muitas propriedades medicinais. Por outro lado, são pouco conhecidos como uma planta comestível.
Desta vez calcei umas luvas e fui apanhá-las com muito jeitinho e mais jeitinho ainda a escolher as folhas e a tirar os caracóis. Pensava que tinha apanhado muitas, mas depois de cozinhadas mirraram tanto que pareciam muito poucas. Mesmo assim, ficou muito, muito saboroso.
Por aquilo que li, normalmente, escaldam-se os urtigões, mas eu deitei-os diretamente na frigideira, assim não se perde sabor nem consistência.
Ah! e não os cortei, as folhas foram inteirinhas.

DSCN1305

DSCN1307

Ingredientes:

  • 1 molhe de urtigões com as folhas escolhidas e lavadas
  • 1 colher de sopa de farinha de trigo
  • 3 dentes de alho picados de maneira grosseira
  • 2 colheres de sopa de vinagre
  • Azeite
  • Água
  • Sal

Numa frigideira frite ligeiramente os alhos, deite um pouco de água, o vinagre e os urtigões. Deixe ferver um pouco e junte um preparado misturado num copo com a farinha, a água e o sal. Mexa bem com uma colher de pau e vá acrescentando água até estar com a consistência desejada.

8E6B1288

Acompanhe com o que quiser, eu comi-o com ovos mexidos com cogumelos cantarel.

8E6B1290