Não ia à Charcutaria há uns anos, é um dos melhores restaurantes de cozinha alentejana de Lisboa.

Conheço o Manel há mais de vinte anos, quando desistiu de trabalhar num banco em Mourão para se dedicar por inteiro à Charcutaria dos pais em Campo de Ourique.

No princípio a variedade era pouca, as empadas de galinha, o patê, o bacalhau espiritual, o arroz de pato, as costoletinhas de borrego, na época a sopa de beldroegas e os espargos com ovos.

Nos doces: a encharcada espectacular e mais tarde o Fidalgo feito com placas de gemas sobrepostas e recheadas de ovos moles. Passados todos estes anos as empadas, o patê, a Encharcada continuam, mas, o Fidalgo já não, é uma pena andam por aí muitos que nem lhe chegam aos calcanhares.

Voltei lá, voltei a comer as empadas, umas torradas de pão alentejano com manteiga, umas migas de batata, uma sopa de tomate com bacalhau e ovo, um cozido à portuguesa embrulhado numa folha de couve.

Para sobremesa, a encharcada e um bolo de bolacha que eu não acho piada nenhuma, mas este é de se tirar o chapéu: duas bolachas de manteiga crocantes recheadas de ovos moles, tche!!! Maravilhoso.

Agora já não é em Campo de Ourique, fica na Rua do Alecrim 47, quem sobe do lado esquerdo num espaço bem decorado com uma varanda para as traseiras muito agradável. O Manel continua aos comandos da cozinha com pratos novos e a mesma qualidade de sempre.

 

A Charcutaria

A Charcutaria

 

A Charcutaria

Ovos Mexidos - A Charcutaria

IMG_8251

IMG_8253

 

Empadas - A Charcutaria

IMG_8254

IMG_8256