A minha Encharcada, encharcada de açúcar

0 Posted by - 11/07/2014 - Sobremesas

Adoro doces conventuais! Do que tenho visto pelo mundo, não há nenhum país como Portugal com uma variedade, riqueza e requinte tão grande como a doçaria criada pelas freiras nos nossos conventos, principalmente no Alentejo. Um desses doces, a encharcada, é um dos que eu mais gosto de comer e de fazer, principalmente por ser muito fácil e rápida. Aqui fica a minha encharcada, mas desta vez exagerei no açúcar, com 300g fazia a mesma coisa sem ficar tããão doce.

A minha Encharcada, encharcada de açúcar

  • 11 gemas
  • 1 ovo inteiro
  • 400g de açúcar
  • 1 copo de agua pequeno
  • 1 colher de chá de sal grosso

Numa frigideira ponha o açúcar, a água e o sal. Deixe ferver até estar em ponto pérola (quando a calda cai gota a gota).

Grafe e Faca A minha encharcada5

Grafe e Faca A minha encharcada6

 

Bata muito bem as gemas com a clara e deite devagar na calda mexendo sempre, deixe cozer.

Grafe e Faca A minha encharcada3

Grafe e Faca A minha encharcada4

Grafe e Faca A minha encharcada8

Grafe e Faca A minha encharcada7

 

Quando sentir que as gemas estão cozidas, retire do lume, deixe arrefecer um pouco, ponha num prato bonito e polvilhe com canela.

Grafe e Faca A minha encharcada9
Para mim o sabor é tão rico que nem precisa da canela.

Grafe e Faca A minha encharcada

Grafe e Faca A minha encharcada1

Grafe e Faca A minha encharcada2

 

Comentários

comentários