Gambas do Ano Novo ou os camarões da Ilha do Araújo

0 Posted by - 28/12/2015 - Marisco

Gambas do Ano Novo ou os camarões da Ilha do Araújo

Adoro gambas/camarões! Fritos, comi-os no Brasil, estava em Paraty com mau tempo, fui comprar umas coisas sozinho, perguntei à simpática empregada da loja se sabia de um restaurante bom, lá, ou nas redondezas onde se comesse bom marisco? Aí, ela falou num restaurante na Ilha do Araujo.

Convenci toda a gente, e lá fomos no BUS a caminho de uma aldeia de pescadores para apanhar o barco para a ilha.

Chegados à ilha do Araújo. Uma praia, umas casas de pescadores, uma igreja, um festival do camarão e pouco mais. Entretanto Começamos à procura do dito restaurante, que já não me lembro do nome. Entramos pela ilha adentro e de repente estávamos numa floresta que mais parecia a Amazónia. Em miniatura, claro. Perdemos-nos, alguns macacos por companhia e de repente estávamos outra vez no sitio de partida, mais uma volta, outra vez perdidos e de repente outra vez no sitio de partida, (do restaurante nada), já me estava a sentir gozado pela minha informadora de Paraty. Uns nativos a pintar um barco, estavam admirados, não nos conheciam de lado nenhum e já era a terceira vez que passávamos por eles.

Tomamos então uma decisão inteligente, desistimos do dito restaurante e fomos almoçar uns camarões.

Haviam quatro pratos de camarão, todos diferentes: um dos pratos eram camarões fritos, o outro eram camarões fritos, o outro eram camarões fritos e os outros, camarões mais pequenos que se comiam com a casca, eram fritos. Um fartote de camarões/gambas. A cerveja era óptima.

Em Portugal é diferente, somos muito bons a cozinhar as Gambas ou os Camarões. Nunca  percebi a diferença. Numa explicação que vi na net, diz que “A Gamba, é uma espécie de camarão pertencente à família dos peneídeos. Tem uma cor rosa-pálido e a sua casca é ligeiramente mais mole do que a do outro camarão”, perceberam?

Sempre que vejo uma travessa com gambas cozidas faz-me lembrar os “copos de água” nos casamentos, ou nas passagens de ano, fica sempre bem e dá um ar rico à festa.

8E6B0991

Como faço?

Para as cozinhar compro-as frescas ou congeladas para aproveitar o caldo da cozedura e as cabeças para fazer uma sopa, uma massa ou um arroz.

Para as comer cozidas, ultimamente tenho-as comprado nos supermercados já cozidas, antes de as levar à mesa passo-as por água, ponho-as numa travessa e salpico-as com sal grosso.

Ficam óptimas! Não dão trabalho e os preços são razoáveis. Já sabe quando tiver visitas em casa não invente, compre-as já cozidas, assim não corre riscos, nem cruas, nem demasiado cozidas.

8E6B0998

Comentários

comentários