Polvo de fricassé, a ver se afinal o polvo é rijo ou não é

0 Posted by - 04/04/2013 - Peixe

Apesar de não ser grande apreciador de polvo, por nunca ter a certeza se vão ficar tenros ou rijos, decidi experimentar fazer uma receita diferente do que estamos habituados a ver por aí, Polvo de Fricassé.

Uns dizem para os congelar primeiro, outros para lhes dar uma carga de porrada, outros para lhes cortar as pontas dos tentáculos, outros, outros, sei lá… Eu compro-os fresquíssimos na Ericeira e depois congelo-os, um disparate, vale mais comprá-los congelados.
Agora descobri uns já cozidos e refrigerados, vêem lindos com os tentáculos intactos, tenros e saborosos, é com certeza um processo industrial, talvez cozidos a vapor.
De qualquer das maneiras quando cozo o dito, é na panela de pressão com uma cebola com casca, água a tapar em mais ou menos vinte minutos, quando ficam tenros, ficam mais saborosos que os outros, mas com pior aspecto, mais desmanchados.
Se alguém souber o segredo dos polvos todos tenros pode mandar a receita para publicar.

Grafe e Faca Polvo de fricassé

Polvo de fricassé

  • 1 polvo cozido cortado às rodelas
  • 1 cebola picada
  • 3 alhos picados
  • 3 folhas de louro
  • Raspa e sumo de 1/2 limão
  • Coentros picados
  • 4 gemas batidas
  • 1 mine (cerveja)
  • Azeite a cobrir o fundo

Num tacho põe a cebola, o azeite, o loiro, a seguir junta a cerveja, os alhos e metade dos coentros, deixa apurar e deita o polvo, o sumo e raspa do limão, mexe e apaga o lume.

Grafe e Faca Polvo de fricassé
Numa tigela com as gemas vá juntando aos poucos 10 colheres de sopa do molho do polvo mexendo sempre para não talhar, quando as gemas estiverem bem diluídas junta-las no tacho que entretanto arrefeceu um pouco, e sempre mexendo bem, acender o lume e apurar até ficar um molho cremoso.

Grafe e Faca Polvo de fricassé

 

Grafe e Faca Polvo de fricassé

Sirva com arroz branco

Arroz branco

Não se esqueça de o lavar bem para lhe tirar a goma para depois ficar mais solto Coza-o em 3 vezes mais agua com sal, quando estiver cozido mas ainda rijo volte a passa-lo por agua num passador.

Grafe e Faca Polvo de fricassé

 

Dicas dos fãs:

Dica da Maria Costa Lopes
Eu faço como se fazia antigamente na Ericeira -antes dos frigoríficos , e fica sempre bom. Mesmo para depois ainda ir ao forno. E é assim:
Cobre-se o fundo do tacho todo com rodelas de cebola com casca e tudo, depois de lavado, esfregado com sal e bem escorrido, põe-se o polvo em cima da cebola e vai para o lume BRANDO, a cebola começa a suar e a destilar a sua própria água, na qual o polvo vai cozendo. Demora um bocadinho, tb conforme o tamanho do dito é claro… mas nunca vira pastilha elástica.
Vai-se experimentando com um palito (nada de metal) e só se tempera depois de cozido e escorrido.
A água que sobra é a melhor para fazer arroz malandrinho se fôr o caso.

Dica da Ana Luísa Nunes
“Só sei k o sal só se deve adicionar no final da cozedura para o polvo não ficar rijo!”

Dica da Dulce Morgado
“O polvo se coze praticamente sem água”.

Dica da Ana Carvalho

“Eu não coloco água nenhuma: coloco o polvo na panela com uma cebola inteira descascada e deixo cozer lentamente. O polvo vai largando líquido e auto-cozinha-se, literalmente! Truque dado por um pescador! “

Comentários

comentários