Croquetas de atum, o meu petisco portunhol

0 Posted by - 11/03/2013 - Entradas

Sempre que vou a Espanha, nos primeiros dias adoro tudo o que é petiscos, o ramon, o queijo, os fritos, tudo. Dos bocadillos que mais gosto, são as croquetas que me inspiraram e me levaram a fazer umas croquetas de atum.

Pensava eu que eram feitas com batata, até que um dia fui jantar a casa da Begoña e do Francisco, nascidos na Galiza e a morar em Campo de Ourique. Como entrada lá estavam as croquetas feitas pela mãe da Begoña, congeladas e trazidas para Lisboa numa das muitas viagens de visita à família, maaaravilhosas, saaaaborosas, com uma textura requintada. Estavam óptimas. E, no meio da conversa lá percebi que a receita não tinha batata, mas sim, um bechamel espesso com pedacinhos de presunto.

Este fim de semana resolvi fazer a minha receita das croquetas com atum. Em Espanha só as comi de presunto e quando pensava que ia ser original, vi que desde os espanhóis com o Bonito, até aos Brasileiros com o atum, é um fartar de receitas na net. Como tenho a mania que sei cozinhar, resolvi alterar a receita, fazendo uma confusão entre as ditas croquetas e os pasteis de bacalhau, (só na cebola crua) e não é que ficaram porreiras, acompanhadas com arroz de tomate.

Croquetas de atum

  • 100g de farinha de trigo
  • 100g de farinha de milho
  • 1 litro de leite
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 3 colheres de sopa de manteiga
  • 1/2 noz de moscada ralada
  • Sal
  • 2 latas de atum bem escorridas e desfeito com um garfo
  • 1 cebola media picada fina

 

Num tacho ao lume pôr metade do leite com o azeite, juntar as farinhas bem misturadas, mexer bem e ir acrescentando mais leite tendo cuidado de não deixar criar grumos (se acontecer não há nada que um varinha não resolva).

Grafe e Faca Croquetas de atum

Quando começar a ferver, junte a noz de moscada, o sal e a manteiga e vá sempre mexendo (se precisar de mais leite não hesite) até sentir o bechamel grosso e gostoso, sem saber a farinha crua.

À parte, num recipiente frio, mistura o atum com a cebola e junta o bechamel misturando tudo muito bem.

Grafe e Faca Croquetas de atum

Grafe e Faca Croquetas de atum

 

De seguida, tapa com filme e leva ao frigorífico até à altura de os fritar. Numa frigideira com óleo bem quente, fritar as croquetas depois de passadas por farinha de milho fina e grossa misturadas.

Grafe e Faca Croquetas de atum
Para comer como entrada, com esparguete negro, ou com arroz de tomate e uma salada de alface com cebola e coentros.

Grafe e Faca Croquetas de atum

 

Comentários

comentários