O Menino Julinho dos Caracóis

0 Posted by - 21/04/2017 - Entradas e Petiscos, Petiscos

O Menino Julinho dos Caracóis

Já vou ao Menino Julinho dos caracóis à uma data de anos. Cada ano vou menos e tenho a impressão que o ano passado nem lá pus os pés. Digo isto porque cada vez têm menos sabor.

Esta semana fui ao concerto do Roberto Carlos, como tinha de comer qualquer coisa antes e ficava em caminho, lembrei-me do Menino Julinho, nem pensava em caracóis, era antes para petiscar alguma coisa que me aconchegasse o estômago até acabar o concerto.

E lá fomos nós, para minha surpresa tinham caracóis! Para não dar cabo da surpresa mandei vir só um prato pequeno com os ditos, pois, supostamente nesta altura ainda não é tempo deles, a não ser na minha horta onde me comem as alfaces e as couves todas durante todo o ano.

Enfim vieram os caracóis, tinham uma boa textura, estavam limpos, embora ainda não estivessem gordos como no verão, mas o principal problema, para mim, é que não sabiam a nada, estavam completamente insossos. Tinham sido acabados de fazer dizia o empregado para justificar a falta do sabor.

Uma casa como esta, “especialista” em caracóis não se pode dar a este luxo. Os caracóis têm de saber a caracóis bem temperados. Se tinham sido acabados de fazer e se eram de cima, então que os fizessem com alguma antecedência para que quando fossem para a mesa ficassem parecidos com os que lá comia há uns anos atrás.

Depois comemos um pica-pau, bebemos umas imperiais e vinho verde. Vim-me embora deslavado!

 

O Menino Julinho dos caracóis

 

Comentários

comentários