Massa de pimentão

0 Posted by - 02/12/2014 - Molhos

Todos os anos, no Ribatejo a família “Inverno” dá-me umas sacas daquelas grandes cheias de pimentos catalães, bem vermelhos, carnudos e com um cheirinho incrível. São tantos, que acabo sempre por pedir à Eulália para fazer massa de pimentão que era a maneira como os antigos conservavam o tempero dos pimentos para o inverno. Lembro-me nos talhos depois da matança do porco, como não havia frigoríficos, uma parte da carne era vendida logo fresca, outra temperada com sal e a outra com o mesmo tempero que se dava aos chouriços, a massa de pimentão sagrada. Assim se conservava a carne por vários dias, o toucinho e algumas partes que não se vendiam logo iam para a salgadeira. Outros tempos!

Grafe e Faca Massa de Pimentão (1)

 

Massa de pimentão

Grafe e Faca Massa de Pimentão (5)

Pegue nuns pimentos bem vermelhos abra-os ao meio e limpe-os das sementes. Num alguidar deite uma primeira camada de sal, mas não muito, ponha a seguir alguns pimentos com o interior virado para cima, tempere com sal e vá fazendo camadas sucessivas até acabarem os pimentos, acabe deitando mais sal por cima, tape com um pano e durante cerca de três semanas deixe os pimentos fermentarem mexendo com uma colher de pau de vez em quando.

Para acabar passe tudo por um passe-vite ou máquina de picar carne, com a varinha, nem pensar. A massa tem de ficar com textura e bem vermelha.

Deite a massa em frascos de vidro e tape com uma pequena camada de azeite para não ganhar bolor. Vá-se servindo da massa e sempre que o azeite desaparecer acrescente mais um pouco.Grafe e Faca Massa de Pimentão (2)

Tempere o que lhe apetecer: carne de porco para fritar, assar no forno ou cozer,  peixe para fritar como o cação. Eu até os marmelos no forno para acompanhar com carne assada os tempero com a massa de pimentão, ficam ótimos!

Grafe e Faca Massa de Pimentão (3)Grafe e Faca Massa de Pimentão (4)

Comentários

comentários